Governo já executou 80% dos serviços da obra da Rodovia João Bebe Água

17 de Setembro de 2020, 16:11

Recuperação de 13 km da SE-065 foi uma das primeiras a ser contempladas pelo programa Pró-Rodovias e contribuirá para o turismo em São Cristóvão e desenvolvimento econômico da região

"Nem terminaram os serviços e já é outra pista, está ótima, é uma nova rodovia”. A satisfação da agente de limpeza e moradora das imediações da Rodovia João Bebe Água (SE-065), Mércia Cristina, 43 anos, se dá por conta da transformação pela qual a principal via de acesso ao município de São Cristóvão vem passando nos últimos meses.

Executada pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs) e o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER), a obra de recuperação e ampliação da Rodovia João Bebe Água, que liga a capital sergipana ao município vizinho de São Cristóvão, no Território da  Grande Aracaju, faz parte do Programa Pró-Rodovias, cujo objetivo é garantir a segurança, trafegabilidade e conforto dos sergipanos, através da recuperação das principais rodovias estaduais.

Em visita à obra, o diretor-presidente do DER, Carlos Alberto Araújo, destacou o bom andamento dos trabalhos e o quanto a intervenção é importante para os sergipanos. "Boa parte dos serviços já foram executados e o resultado é satisfatório, de modo que o percentual executado já é de 80%. Nas próximas semanas iniciaremos os acostamentos, e, por fim implantaremos as sinalizações. A recuperação dessa rodovia era bastante solicitada, e, uma vez concluída, além de melhorar a trafegabilidade, contribuirá para o avanço nas atividades turísticas de São Cristóvão, sem contar que com a renovação da malha viária, os reflexos na economia, geração de emprego e renda, facilidade na trafegabilidade dos pedestres e o transporte de mercadorias comerciais, potencializarão o desenvolvimento na região", avalia.

Com investimentos de R$ 6.984.203,78, a obra corresponde à recuperação de 13 km da rodovia, sendo seis metros de pista de rolamento (duas pistas de três metros cada e dois metros de cada lado), tendo início no trecho em frente ao Conjunto Brigadeiro Eduardo Gomes e seguindo até a sede da quarta cidade mais antiga do Brasil.

Foto: Marcos Rodrigues