Conflitos no mandato público, escreve Uemerson Florêncio

29 de Outubro de 2014, 02:46

*Uemerson Florêncio

As promessas surreais que são propagadas nas campanhas eleitorais como estratégia de ingresso ao centro do poder, podem trazer sérios prejuízos na trajetória de um gestor públicos. O choque com a realidade após os primeiros cem dias da sua posse, lhe presenteia com o agravamento dos problemas por falta de conhecimento, o que gera impedimento diante da capacidade de gerar solução imediata e precisa ao longo dos primeiros 100 dias.

Problemas antigos que são abafados, na verdade colocados para debaixo do tapete, tornam-se verdadeiros terrenos minados prontos para a explosão de crises potencialmente comprometedora no mandato. Na ausência de soluções viáveis face as demandas sociais, burocratizar é preciso, ou seja, é o mesmo que dizer: Não quero ou não me interessa.

Obras visíveis na maioria das vezes falam muito mais que mil discursos, a citar: Construções e revitalizações nas áreas de infraestrutura (água, luz, esgoto), educação, saúde, emprego, assistência social, segurança, cobertura em telefonia e internet. É uma necessidade criar condições para proporcionar a atração de serviços de utilidade pública (correios, bancos, previdência social, oferta de gás, fórum, cartórios, entre outros), fomento ao turismo e a agricultura.

Quanto ao cumprimento das obrigações legais com funcionalismo, a partir do pagamento dos seus rendimentos sem atrasos, não seria nem necessário lembrar, mas há gestor que não prioriza. E são eles quem fazem os seus planos acontecer, professores, médicos, equipe de obras e conservação do patrimônio público entre outros. 

*Uemerson Florêncio – Atua com reposicionamento de pessoas, negócios e Desenvolvimento de Cidades. Diretor do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Khalifa Business, agência de negócios. Área de concentração acadêmica Relações Públicas com marketing pela Universidade Católica do Salvador – UCSAL e Comunicação e marketing pela UNIFACS. florencio@khalifabusiness.com.br / www.facebook.com/uemerson.florencio